Home » » Teletransporte... Bom Ou Ruim?

Teletransporte... Bom Ou Ruim?

Redação Por NTI | 25/02/2017


Pois é, sonhar em viajar quilômetros de distância em poucos ou nenhum segundo não é exatamente uma exclusividade só sua. Esse tipo de fantasia é tão comum quanto o de uma menina(ou menino, não tenho preconceito) sonhando com seu príncipe encantado carregando-a em seu alazão branco.

Parando pra pensar, esse meio de transporte seria a solução pra muitos de nossos problemas cotidianos. Afinal de contas, quem não gostaria de viver longe do trânsito infernal de sempre cheio daqueles incômodos dedos do meio? Ou até uma ligeira ida ao banheiro pra não desperdiçar as raras ocasiões que devemos manter o pausa ativado em nossos games favoritos?

E isso foi somente desconsiderando os benefícios pessoais que poderíamos fazer com uma tecnologia dessas. Imagine as vezes que deixaríamos de ser pegos tocando a campainha do vizinho incessantemente, ou então nas chances que os irmãos Dus teriam de escapar de suas enrascadas.

Seria maravilhoso, não é? Mas a vida tem aquilo que chamamos de "decepções". A pior parte da teoria, é que ela é teoria, e o teletransporte existe sim; na teoria. Entretanto, a frustração mesmo fica ao saber que não vai ser tão cedo que algo assim chegue a aparecer.

Era de se esperar um universo cheio de adversidades para nos fazer refletir sobre a existência de algo tão legal em nossa realidade. Embora seja parcialmente inexistente, a teoria serve para dar lugar à pratica.

O pai dos burros da era digital, o Tecmundo, escreveu uma matéria tempos atrás explorando a fundo esse tipo de discussão, provando que até cogitar a veracidade de algo tão irreal como o teletransporte, significa também conceituar seus perigos e influências que a humanidade teria com um poder dessa escala.

Que tipo de malefícios e dificuldades algo tão fantástico assim poderia nos proporcionar?

A tecnologia parece muito bonita na ficção, mas a realidade, como sempre, é bem mais complicada.

Acesse a matéria.


Sonhar não custa nada, minha humilde opinião. E o que você acha? Certamente novas formas de tornar realidade o teletransporte podem surgir; mas teríamos que lidar também com suas respectivas singularidades. Contudo, não são coisas assim que devem desmotivar as pessoas, todas são livres pra fazerem seu próprio julgamento. Nós escolhemos no que acreditar, e dependendo disso, fica a pergunta: Você ainda vive no mito, ou na verdade?
SHARE